7 de outubro de 2008

RINITE

O lençol dobrado
sobre a cama fria.

Alguns papéis amassados
no chão do quarto vazio.

Um terço quebrado
como a face batida.

Nenhum olhar cheio de vida
pra lavar-me os pés.

Num prato, a essência
se assenta em pó.

Cheirei, cheirei
até feder.

(Max da Fonseca)

4 comentários:

Thiers R disse...

deveria ter uns 20 desabafos e no entanto o meu é o primeiro. fantástico meu qrdo.
...
...
O lençol dobrado
sobre a cama fria
...
Alguns papéis amassados
no chão do quarto
...
Um terço quebrado
...
Nenhum olhar cheio de vida
pra lavar-me os pés.
...
Cheirei, cheirei
até feder.

vc é um poet. um café quente.uma vinho rascante ou uma água mineral de qualidade..

Fabrício de Queiroz disse...

...mostra o que um poeta pode fazer com um quarto sujo e um nariz irritante...

Abraços "véio"

Búh. disse...

Atchin!

splendid disse...

It seems different countries, different cultures, we really can decide things in the same understanding of the difference!
nike shoes


A Xícara está de pé!