13 de janeiro de 2009

GRAVIDADE

Talvez sejamos lunáticos,
nessa contemplação obtusa
de sentidos tão subjetivos.
(Mas que importa a sanidade
dessa realidade tão sem-razão?)

Conhecemos o caminho do sorriso
e nesses passos metafísicos,
movimentamos as vontades;
nos conhecemos de verdade
e despertamos poesia.

Nascendo Sol em dia limpo;
borboletar em límpidos jardins,
verticalizando o horizonte...
Tudo faz tanto sentido
no sentimento que nos contém.

Não haverá ninguém que possa
para nós abrir a porta
que conduz à felicidade plena.
Dançaremos levianamente pela Lua;
meu poder na carne sua...

A gravidade que nos contenha.

(Max da Fonseca)

9 comentários:

PALUMBO GUEDES disse...

A gravidade que nos contenha.!
Puurra!!

Lobodomar disse...

Max, seja bem-vindo!

Bons tempos aqueles, dos concursos de poesias.

E aqui, vejo que continua a expressar belos poemas.

Estou colocando seu blog na lista dos que sigo, para que eu possa desfrutar também da sua arte.

Grande abraço, amigo poeta!

Eloah Borda disse...

Obrigada, Max, por tua visita ao meu blog. Sempre que possível passo por aqui para te ler um pouco, embora nem sempre deixe comentário, porque, geralmente, estou com pressa, e entre ler e comentar, prefiro ler - gosto de ler com calma o que escreves, reler, analisar, para sentir teu progresso, teu amadurecimento como poeta. Sabes que desde o início, lá na Navegantes das Estrelas, eu reconheci teu potencial, "botei fé" em ti, e não me enganei.
Ate qualquer dia.
Abraço grande.
Eloah

Anônimo disse...

Bom sentir saudades suas e saber que reaparace e se demonstra mais maduro e pensante nas loucas e possiveis coisas da vida.
um dos seus melhores textos irmao!
O Mam sem vc n tem graca...
saudades!
abracao!

Emanuele disse...

O que adianta a gravidade nos conter?!~
Ela não vai "apagar" as nossas vontades, nem os nossos desejos..
Prefiro que ela (a gravidade) me liberte!

- Garoto Poeta adorei! ;*

Búh. disse...

Foda!!!

Tava morta de saudade de ler tua bela poesia!

Você é meu eterno prodígio!
Parabéns querido amigo :D

splendid disse...

You these things, I have read twice, for me, this is a relatively rare phenomenon!
handmade jewelry

inerthie disse...

limpo, firme, lunático... impressionante

Nuriko disse...

Não sei o porquê, mas me senti feliz lendo isso.


A Xícara está de pé!